sábado, 27 de dezembro de 2008

Sobre o Natal, fim de ano e o blog novo




A gente devia viver de férias. Há poucas coisas no mundo melhores do que acordar um dia e não ter certeza de que dia da semana se está. E ler, ler infindavelmente. E dormir. Ultimamente venho dormindo tanto que estou me sentindo culpada. Hoje, por exemplo, resolvi acordar mais cedo (9 horas!) pra fazer alguma coisa de útil como escrever neste blog e divulgar o outro, que é meu e do Felipe. Falarei mais sobre ele amis na frente. A verdade é que estou tentando não pensar em trabalho, naquela miserável condição de ter seu dia dividido em horas, períodos oportunidades limitadas de descanso. E eu estava tão domesticada nessa rotina que nos primeiros dias de férias eu sequer sabia o que fazer. Acabei não fazendo muito do que planejei, mas o ano que se aproxima promete ser bem melhor que ano que passou, só pelo que me apresenta em seus últimos dias. Vou cuidar mais de mim e me dar mais tempo, me formar, cantar profissionalmente, entrar no mestrado, dar mais atenção aos meus. E por mais que isso pareça resolução de fim de ano, isso são metas latejando na minha cabeça, não há como levar a vida que levei no semestre passado.

E como uma das resoluções de fim de ano, voltei a trabalhar com o Felipe em um novo projeto. É a Terra dos Idiotas. Os J Facts agora tem morada garantida, acompanhados da gentileza sutil dos textos do Felipe. A verdade é que fazia tempo que pensávamos em um blog e todos os blogs são muito bonitinhos, buscando o melhor de cada um. E que tal fazer um blog com o pior de nós dois? Jamie Irrita e Fino Felipe, os personagens que falam por nós, são o pior que somos porta de casa adentro. E lá fazemos o que todo mudno gosta de fazer, seja no ônibus, seja no trabalho, seja em casa: reclamar. Pois como deixou claro meu último J fact, há sempre companhia quando se quer reclamar. Vale a pena dar uma olhada.

www.terradosidiotas.wordpress.com

Um comentário:

Paula disse...

Ainda acho que o Terra dos Idiotas não é o pior de vocês...
Nenhum texto pode traduzir o olhar cínico e o sorriso sarcástico do Felipe enquanto dispara suas sutis gentilezas sobre o mundo e a vida.
Por enquanto, os textos estão muito bons, mas só quem os conhece pessoalmente sabe ler e visualizar a cara de vocês enquanto pensanvam... sugiro que o Felipe faça mais caricaturas, além das duas fixas, que eu adorei!

=) (desculpa pra ver os desenhos do bixim)