sábado, 21 de junho de 2008

Sobre o fim de semana, a Calourada e minha tendência ao desastre




Fim de semana extremamente interessante.
Primeiro na sexta, com a festa da Wizard na sexta feira que foi muito interessante, seguida pela calourada da Psicologia da UFC Moulin Rouge (ganhamos, eu e o Fernando o primeiro lugar no concurso de fantasia e performance :P), O sábado foi mais tranquilo, em casa, internet. E no domingo, fotos da placa do Felipe e a "A menina dos cabelos de capim", peça dirigida pelo meu sogro Karlo Kardozo no TJA. Posto hoje, domingo, com um gostinho maravilhoso de histórias para contar, de assuntos para conversar e lembranças bastante interessantes a se lembrar para sempre. /o/

Falando um pouco mais sobre a calourada, é muito engraçado a reação do corpo da gente diante de uma situação inusitada e diferente. Tá certo que andar fantasiada não é novidade para mim, mas fazer uma performance diante de...sei lá quantas pessoas cabem naquela quadra, mas era um mar de gente! O Fernando tremia horrores! É uma sensação engraçada, tanto antes quanto depois do feito, uma embriaguez sem alcóol, e, aliás, muito superior a beber. Uma animação que supera o cansaço, o sono e a vergonha. Meus pés doíam, o corpete apertava, mas eu nada sentia, fui sentir tudo isso somente depois, quando me sentei e o corpo se acalmou mais. E nunca mais ouvirei Like a Virgin com os mesmos ouvidos de antes :P

Semana passada foi, também, a semana das mazelas. Bati a coxa no armário da cozinha várias vezes, o que me render hematomas bem feios. Na terça, caí por cima da televisão e foi a vez do braço ficar roxo. E para começar a semana, este domingo queimei dois dedos da mão esquerda. Gostava mais dos infernos astrais dos outros anos, quando meu corpo não mudava de cor!

E quarta-feira agora é a bendita prova de legislação. Ô maçada esta carteira de motorista....

É isso, prometo posts mais longos e de mais substância em breve!

7 comentários:

a. disse...

1.Poxa, queria ter essa sua coragem pra superar a minha timidez e ser engraçada sem parecer ridícula. Porque você ,Jamie, é hilária, mas não ridícula! Queria ter esse dom :~~

2.Fico imaginando tu andando pela casa e caindo e tropeçando por cima das coisas, toda estabanada! Deve ser engraçado :x

3. Eu já disse o quanto você está linda nessa foto do blog?

Beijos, Jamie!
Me ensina a ser assim como você!
E ,parafraseando Fernando: "legenda da cara da Jamie na foto: eu seeeeempre, seeeeempre quis fazer isso!"

J disse...

às vezes eu sou bem ridícula. A diferença é que eu não me importo (na maioria das vezes:P)

ah, não é nada engraçado. Já trinquei três dedos para não pisar na minha gata>:D

nham...eu gosto da foto também :D

Ensino, se tu me ensinar a ser quietinha como tu :D

Paula disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
a legenda aí do Fernando tem tudo a ver mesmo!

Sim, eu tb admiro a veia axtíxtica de Jamie (deve ser coisa de dom mesmo).

Inferno astral... O meu começa já já. Mas tu já é meio desengonçada mesmo,né? Admite =P

Poxa, cara.. queria ter visto a performance. Tu postou só um videozinho! Calourada de Psi... a ex-turma do Sávio deve ter ido em peso! Quando comentarem eu direi: "Ééééé hehe! Minha amiga,ó! Desde o 3º ano! Se garante, né?"

Paula disse...

p.s.: eu tinha de te chamar de desengonçada, J.

Só vem recebendo elogio ultimamente,tu!

e os professores lá da facul diziam que a gente deve inventar qualquer coisa pra criticar quando tudo tá bem, pq esse é nosso papel, e é a dialética (salve,salve) que move o mundo.

Não pergunte ao Felipe a opinião dele sobre isso, que ele vai dizer que sou uma ressentida, e estará provavelmente certo! hdiashdiahsdh

a propósito: parabéns pra ele, q não tirou foto segurando o Che! Muito suspeito esse negócio de segurar o Che... ¬¬

J disse...

kkkkkk

de fato!
Ele preferiu tirar segurando o pé do Saulo :P

Aff, me poupe essa história aí de criticar quando tá tudo bem...triste:P

ègua...me dá elogio...:Eu preciso deles, eles são nossos amiguinhos:P

roger disse...

Você deveria ter nos chamado pra ver a apresentação. A gente teria ído prestigiar.

J disse...

foi uma surpresa!